COLÓQUIO
Download
1 / 30

Porto Velho-RO, 09 de abril de 2014. - PowerPoint PPT Presentation


  • 108 Views
  • Uploaded on

COLÓQUIO SOBRE O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA – PIBIC/UNIR/CNPq 2014/2015. Porto Velho-RO, 09 de abril de 2014. ONDE SE INFORMAR SOBRE O PIBIC?. Na UNIR, o PIBIC é coordenado pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa - PROPesq

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Porto Velho-RO, 09 de abril de 2014.' - aviv


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

COLÓQUIO SOBRE O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA – PIBIC/UNIR/CNPq2014/2015

Porto Velho-RO, 09 de abril de 2014.


ONDE SE INFORMAR SOBRE O PIBIC?

Na UNIR, o PIBIC é coordenado pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa - PROPesq

Pró-Reitor: Prof. Dr. Ari Miguel Teixeira Ott.

Equipe Técnica: TAE Ms. Alex Santana Costa - Coordenador

TAE Ms. Ilma Erse Campos

Colaboradores: Gilnei Royer Matos e Sandra Cristiane S. Araújo

Contatos: [email protected] / [email protected]

Facebook: pibic.unir / Twitter: @pibic_unir

Telefones:(69) 2182-2214 / 2171.

Site: www.pibic.unir.br


O QUE É O PIBIC?

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E TRABALHO VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA


Finalidade do PIBIC com relação ao Acadêmico

  • Proporcionar ao bolsista e/ou voluntário, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa, bem como estimular o desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa (Item 3.3.3 da RN-017/CNPq/2006 – Grifo nosso).

  • Programas como o Ciência Sem Fronteiras e Editais de Mestrado e Doutorado tem atribuído pontuação a candidatos que tenham participado do PIBIC; bem como a concessão de bolsas pelas Agências de fomento, tais como CAPES e CNPq, têm utilizado este critério no processo de seleção.


CNPq

CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO (CNPq) – 1951

Agência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) que tem como principais atribuições fomentar a pesquisa científica e tecnológica e incentivar a formação de pesquisadores brasileiros

(fonte: http://www.cnpq.br/web/guest/o-cnpq)


CNPq/PIBIC

  • CNPq: possibilita o permanente aparelhamento das universidades, permitindo que as pesquisas sejam desenvolvidas in loco (FREITAS, AMORIM, GÓIS, MENDES, 2002);

  • Formação de recursos humanos para a pesquisa, visando à pós-graduação;

  • Formação de uma “mentalidade científica” (MARCUSCHI, 1996);

  • Ligação entre ensino e pesquisa (TEIXEIRA, 1995).


BOLSA DE IC PARA ALUNOS DA GRADUAÇÃO

  • Bolsas do PIBIC financiadas pelo CNPq:74 de R$ 400,00 mensal.

  • Bolsas do PIBIC financiadas pela UNIR:100 de R$ 400,00 mensal.

  • A bolsa tem duração de 12 meses ininterruptos, sendo permitidas renovações e solicitação de cancelamento, conforme legislação vigente.

  • PORTANTO, Greves, paralisações e férias não são passíveis de abono, devendo o bolsista e o voluntário desenvolver o trabalho e cumprir as tarefas estabelecidas no Edital vigente. Deve também exigir orientação de seus orientadores!


Acesso ao Edital e Calendário www.pibic.unir.br / Menu “downloads”


NÚMERO DE BOLSAS POR ORIENTADOR

O número de bolsas concedidas a um orientador ficará a critério da instituição, conforme preconiza o item 3.4.4 da RN-017/CNPq/2006, estabelecendo que o “orientador poderá, em função de sua competência, receber mais de uma bolsa”. O CTC-I determinará a concessão de até duas bolsas e dois registros de orientandos voluntários ao orientador doutor; e uma bolsa e um registro de orientando voluntário ao orientador mestre com perfil equivalente. Esse número poderá ser alterado em virtude do quantitativo de bolsas e de acordo com critérios de prioridade estabelecidos no Edital.

Confira mais detalhes no Edital 01/PROPesq/2014


Requisitos do Projeto

Os projetos aprovados nos conselhos de departamento e posteriormente inseridos no sistema infopibic serão analisados pelos consultores internos e externos; Os projetos aprovados no âmbito do PIBIC não asseguram ao orientador a sua manutenção no que concerne à captação de recursos financeiros necessários ao seu desenvolvimento;

O projeto é de autoria do ORIENTADOR!


Requisitos do Projeto

  • O processo seletivo do PIBIC-2014/2015 ocorrerá exclusivamente por meio digital, com o preenchimento de formulários e anexação de documentos no Sistema InfoPIBIC, dispensando vias impressas e/ou formalização de processos via SINGU.

  • Quando o projeto fizer parte de um Programa do grupo de pesquisa, de longo prazo, é importante anexá-lo, mas o Programa não substitui o projeto específico do pesquisador, que deverá explicitar qual a sua participação e o tempo de vigência do projeto, não inferior a dois anos;


Requisitos do Projeto

Projetos Interdepartamentais: deve ser apresentada a Ata do Departamento de origem do líder do grupo;

Projeto de pesquisador do corpo técnico: servidor deverá fazer parte de grupo de pesquisa da UNIR cadastrado no Diretório de Grupos-CNPq. O trâmite do projeto deverá contar com parecer analítico feito pelo líder do grupo ou parecerista ad hoc designado pelo líder e encaminhado à unidade de lotação do servidor para conhecimento e manifestação;

Quando a legislação exigir aprovação em Comitês de Ética em Pesquisa: o parecer deverá ser anexado pelo orientador no Sistema InfoPIBIC no prazo de até noventa dias decorridos da homologação do resultado final desse processo seletivo, sob pena de cancelamento do projeto no âmbito do PIBIC.


O PROCESSO DE SELEÇÃO DO PIBIC É REALIZADO PELOS CONSULTORES DO COMITÊ TÉCNICO CIENTÍFICO INTERNO E DO EXTERNO

Quem seleciona os candidatos são os CTC’s


PROCESSO DE SELEÇÃO DO PIBIC-2014/2015 CONSULTORES DO

CRITÉRIOS

O candidato a orientador preencherá o formulário de seleção do orientador e do orientando, disponível no sistema infoPIBIC; A produção científica refere-se aos últimos 3 (três) anos;O preenchimento do formulário de seleção é de total responsabilidade do candidato. A Coordenação do PIBIC não se responsabilizará por informações inexatas ou ilegíveis que acarretem prejuízo ao candidato; Se forem constatadas informações e/ou documentação falsas e/ou inexatas, e/ou a falta inserção, no infoPIBIC de qualquer documento elencado no item 12.2., a inscrição não será homologada e o candidato estará impedido de participar deste processo seletivo.

O orientador preencherá o seu formulário de seleção e o do seu orientando no InfoPIBIC.


PRODUÇÃO A SER AVALIADA CONSULTORES DO ORIENTADOR

*Obs.: A pontuação referente aos títulos de mestrado e doutorado não é cumulativa.


PRODUÇÃO A SER AVALIADA CONSULTORES DO ORIENTANDO (bolsista/voluntário)


MÉRITO DO PROJETO CONSULTORES DO ORIENTADOR


MÉRITO DO PLANO DE TRABALHO CONSULTORES DO ORIENTANDO (bolsista/voluntário)


AS DEMANDAS POR BOLSAS SERÃO ANALISADAS EM DUAS ETAPAS: CONSULTORES DO

a) Pré-seleção realizada pelo Comitê Técnico Científico Interno (CTC-I), composto por docentes doutores da UNIR; b) Seleção final, realizada pelo Comitê Técnico Científico Externo (CTC-E), composto por docentes e/ou pesquisadores representantes do CNPq.


COMITÊ TÉCNICO CIENTÍFICO INTERNO - CTC-I CONSULTORES DO

O Comitê Técnico-Científico do PIBIC/UNIR é composto por professores doutores das áreas de Ciências da Vida e Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas e Sociais I e Ciências Humanas e Sociais II, vinculados ao Campi da UNIR. É de competência deste Comitê selecionar os projetos, os orientadores, bolsistas e voluntários inscritos no processo anual de adesão ao referido Programa; bem como avaliar os relatórios, resumos expandidos e apresentações orais dos orientandos durante a realização de seminário.


COMITÊ TÉCNICO CIENTÍFICO EXTERNO - CTC-E CONSULTORES DO

A Instituição convida anualmente um Comitê Técnico Científico Externo constituído de pesquisadores com bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq, com vistas à participar do processo de seleção e avaliação do PIBIC, conforme Resolução n.º017/CNPq/2006.


NORMAS/PIBIC CONSULTORES DO

Anexo III da Resolução 017/CNPq/2006 – bolsas por quotas no país;

Resolução n.º 178/2007/CONSEA/UNIR;

Edital 01/PROPesq/2014.

Obs.: Normas disponíveis no site do PIBIC


PERFIL DO ORIENTADOR CONSULTORES DO

  • Ser docente ou técnico do quadro permanente da Fundação Universidade Federal de Rondônia;

  • Ser membro de Grupo de pesquisa certificado pela Instituição;

  • Possuir o título de Doutor ou Mestre com perfil equivalente;

  • Possuir publicação nos últimos três anos (artigos, resumos expandidos ou livros, preferencialmente credenciados no sistema Qualis);

  • Em caso de renovação, ter cumprido todos os seus compromissos concernentes à orientação e acompanhamento dos seus orientandos,.


PERFIL DO BOLSISTA CONSULTORES DO

  • Ser indicado pelo orientador;

  • Vincular-se a apenas um projeto de iniciação científica;

  • Estar regularmente matriculado em curso de graduação da UNIR e/ou de outra IES;

  • Não ter vínculo empregatício nem acumular bolsas, exceto com a bolsa permanência e/ou bolsa de estágio não-obrigatório;

  • Possuir Currículo Lattes;

  • Ser membro de grupo de pesquisa com certificação institucional.


PERFIL DO BOLSISTA CONSULTORES DO

  • Deve respeitar rigorosamente o calendário e as determinações institucionais do PIBIC;

  • Deve comunicar à Coordenação qualquer eventualidade no decorrer do processo;

  • Deve cumprir todos os objetivos apresentados no Plano de Trabalho;

  • Deve responder a demandas do CTC-I e da PROPesq;

  • Deve apresentar NO PRAZO o relatório final exigido e apresentar oralmente os resultados da pesquisa.


PERFIL DO VOLUNTÁRIO CONSULTORES DO

  • Ser indicado pelo orientador;

  • Vincular-se a apenas um projeto de iniciação científica;

  • Estar regularmente matriculado em curso de graduação da UNIR e/ou de outra IES;

  • Pode ter vínculo empregatício e/ou estar recebendo qualquer modalidade de bolsa;

  • Possuir Currículo Lattes;

  • Ser membro de grupo de pesquisa com certificação institucional.


PERFIL DO VOLUNTÁRIO CONSULTORES DO

  • Deve respeitar rigorosamente o calendário e as determinações institucionais do PIBIC;

  • Deve comunicar à Coordenação qualquer eventualidade no decorrer do processo;

  • Deve cumprir todos os objetivos apresentados no Plano de Trabalho;

  • Deve responder a demandas do CTC-I e da PROPesq;

  • Deve apresentar NO PRAZO o relatório final exigido e apresentar oralmente os resultados da pesquisa.


BOLSISTA X VOLUNTÁRIO CONSULTORES DO

A classificação do estudante terá por critérios o desempenho e a produtividade acadêmica, comprovados em seu Currículo Lattes e Histórico Escolar.

Cada orientando, seja bolsista ou voluntário, deve ter um Plano de Trabalho próprio vinculado ao projeto do orientador, devendo ter um título diferente do referido projeto;

O Voluntário não deve ser utilizado como “ajudante” do bolsista, pois ambos têm os mesmos direitos e obrigações;

Os objetivos do Plano de Trabalho devem ser explicitamente exequíveis em 12 meses.


PERÍODO DE INSCRIÇÃO CONSULTORES DO PIBIC-2013/2014

  • De 02 de maio até às 23h59min de 08 de junho de 2014, através do Sistema InfoPIBIC, disponível no endereço eletrônico: http://sistemas.unir.br/infopibic.

  • Edital e Calendário disponíveis no endereço eletrônico do PIBIC: http://www.pibic.unir.br/?pag=downloads.



ad