Aula 01 vari veis express es atribui o e s
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 44

Aula 01 Variáveis, Expressões , Atribuição, E/ S PowerPoint PPT Presentation


  • 59 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Departamento de Computação - DECOM Programação de Computadores I – BCC701 www.decom.ufop.br/moodle. Aula 01 Variáveis, Expressões , Atribuição, E/ S. Tópicos. Ambiente Scilab Variáveis , expressões, comando de atribuição

Download Presentation

Aula 01 Variáveis, Expressões , Atribuição, E/ S

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Aula 01 vari veis express es atribui o e s

Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP

Departamento de Computação - DECOM

Programação de Computadores I – BCC701

www.decom.ufop.br/moodle

Aula 01Variáveis, Expressões, Atribuição, E/S


T picos

Tópicos

  • Ambiente Scilab

  • Variáveis, expressões, comando de atribuição

  • Entrada e Saída básica

UFMG DCC001 2013-1


Ambiente de programa o scilab

Ambiente de ProgramaçãoScilab

  • Scilabé um ambiente de programaçãovoltadoparacientistas e engenheiros

  • Foicriadoem 1990, porpesquisadores do INRIA, sendobaseadono sistemaMatLAB.

  • Égratuito: download www.scilab.org


Ambiente de programa o scilab1

Ambiente de ProgramaçãoScilab

promptde comandos

navegador de variáveis

janela de arquivos

console: janela de comandos

histórico de comandos


Vari veis e atribui o

Variáveis e Atribuição

Variáveis criadas

aé uma variável que passa a existir,

recebe e guarda um valor

Histórico

O Scilab “ecoa” o valor recebido pela variável

UFMG DCC001 2013-1


Vari veis e comandos de atribui o 2

Variáveis e Comandos de Atribuição - 2

Literal

^ denota

exponenciação

* denota

multiplicação

O valor atribuído pode ser uma expressão aritmética com variáveis já conhecidas

UFMG DCC001 2013-1


Painel navegador de vari veis

Painel Navegador de Variáveis

UFMG DCC001 2013-1


Vari veis

Variáveis

  • São nomes para espaços de memória gerenciados pelo Scilab

  • O programador não precisa ter qualquer ideia sobre como é feito esse gerenciamento

  • Variáveis têm seus nomes escolhidos pelo programador segundo algumas regras

    • O primeiro caractere do nome deve ser uma letra

    • Os outros podem ser letras ou dígitos, ou qualquer caractere dentre '_', '#', '!', '$‘ e '?'

    • O nome de uma variável em Scilab deve ter no máximo 24 caracteres

UFMG DCC001 2013-1


Nomes de vari veis

Nomes de Variáveis

  • Válidos:

    • a, A, jose,total_de_alunos, funcionarios

  • Não válidos

    • 1Aluno (o primeiro caractere é um algarismo)

    • total de alunos (tem espaços)

    • José (é acentuado)

  • O mais importante é escolher nomes com significado claro para quem lê o programa

UFMG DCC001 2013-1


Comando de atribui o

Comando de Atribuição

  • Forma:

    <variável alvo> = <expressão>

  • A <variável alvo>, se não existia, passa a existir

  • Se existia, o valor anterior é perdido

  • A <expressão> é calculada, e o resultado é atribuído à <variável alvo>

  • O comando de atribuição é a construção básica de transformação de informação, em Scilab e em várias outras linguagens de programação.

UFMG DCC001 2013-1


Express o vari vel atribui o

Expressão – Variável - Atribuição

O Scilab usa uma variável default, ans, quando uma expressão é digitada no prompt

e não é atribuída a uma variável.

O segundo fator está ausente na expressão aritmética.


Express o vari vel atribui o1

Expressão – Variável - Atribuição

As variáveis de um expressão, do lado direito de uma atribuição, devem estar definidas.

Não foi definido um valor para a variável lucro !


Express o vari vel atribui o2

Expressão – Variável - Atribuição

Funções pré-definidas em Scilab podem ser usadas uma expressão.

Expressão do lado direito: o valor corrente de x é adicionado a 8, resultando 8.0000927; esse resultado é atribuído a x.

O valor da expressão do lado direito da atribuição, 22, é atribuído à variável x; o antigo valor é substituído na memória.


Vari veis e atribui o 2

Variáveis e Atribuição - 2

-->d = a+x

!--error 4

Undefinedvariable: x

-->b = 1024

-->b = 2*b

b =

2048.

Todas as variáveis em uma expressão devem estar definidas, ou o Scilab reclama

A expressão pode conter a própria variável alvo.

UFMG DCC001 2013-1


Vari veis e atribui o 3

Variáveis e Atribuição – 3

Valor pré-definido como a melhor aproximação em ponto flutuante de 64 bits de 

-->a = %pi

a =

3.1415927

-->b = 2*%pi;

-->c = cos(a) + sqrt(b)

c =

1.5066283

“;” suprime o eco automático

O Scilab oferece um sem-número de funções pré-definidas como cos e sqrt (squareroot).

UFMG DCC001 2013-1


Operadores aritm ticos

Operadores Aritméticos

  • A linguagem SciLab possui os operadores aritméticos:


Express es aritm ticas

Expressões Aritméticas

  • Expressões podem ser arbitrariamente complicadas

  • A ordem em que operadores são aplicados não é óbvia:

    Qual valor o comando x = 2^3*4 atribui a x,

    ou

    ?

UFMG DCC001 2013-1


Preced ncia entre operadores

Parênteses podem alterar prioridades

Precedência entre Operadores

UFMG DCC001 2013-1


Prioridades e par nteses

Prioridades e Parênteses

“ans” é o nome de umavariávelquerecebevalores de expressõessemvariávelalvo

-->2^3*4

ans = 32.

-->2^(3*4)

ans = 4096.

-->2^3^4

ans = 2.418D+24

-->2^(3^4)

ans = 2.418D+24

-->(2^3)^4

ans = 4096.

-->2*3+4

ans = 10.

-->2*(3+4)

ans = 14.

Recomendação:

use parênteses;

é mais seguro

Notação Scilab (e Fortran, e C, e Java, e ...) para

2.418 x 1024

UFMG DCC001 2013-1


Algumas fun es e lementares

Algumas funções elementares

  • OBS: Nas funções trigonométricas os ângulos devem ser usados em radianos.


Valores pr definidos

Valores pré-definidos


Help fun es elementares do scilab

Help - Funções Elementares do Scilab

UFMG DCC001 2013-1


Exerc cios

Exercícios

  • Calcule as expressões matemáticas


Exerc cios1

Exercícios

  • Calcule as expressões matemáticas


Exerc cios2

Exercícios

  • Calcule as expressões matemáticas, definindo valores para a, b, c e d


Scinotes meu primeiro programa

SciNotesMeu primeiro programa


C lculo da rea de um c rculo

Cálculo da área de um círculo

  • Área do círculo de raio r: A = π r2

  • Faça um programa para calcular a área de um círculo de raio = 5cm.

  • OBS:

    • Podemos obter a solução diretamente no prompt do Scilab:

      -->A = %pi * 5^2

    • E se agora quisermoscalcular a área de um círculocom 16cm de raio? Teremosquedigitartudo de novo:

      -->A = %pi * 16^2

  • Para evitar isso, vamos escrever um programa que faz esse cálculo.

UFMG DCC001 2013-1


Programas scilab

Programas Scilab

  • Programassãoarquivostexto, contendosomentecaracteressemformatação, com a terminação.sce

  • Um arquivo-programa contém comandos Scilab

  • Um programa é construído usando o editor SciNotes

  • Sua execução equivale à digitação na console dos comandos no arquivo

UFMG DCC001 2013-1


Criando um programa

Criando um Programa

  • Instruções bem definidas para resolver um problema

  • Em arquivo, para guardar e continuar/executar depois

  • Comentários tornam o programa mais claro para as pessoas, mas são ignorados pelo computador


Abrindo o scinotes

Abrindo o SciNotes

Editor de Programas

UFMG DCC001 2013-1


Janela do scinotes

Janela do SciNotes


C lculo da rea do c rculo

Cálculo da área do círculo

comentário

comandos de atribuiçãoquedefinemosvalores de r e de A


Salvando e executando o programa

Salvando e executando o programa

salvar

abrir

salvar e executar

novo arquivo

executar


C lculo da rea de um c rculo1

Cálculo da área de um círculo

  • Para fazer o cálculo para um círculo de raio 16cm, bastaria mudar o valor de r no programa e executá-lo novamente.

  • Entretanto, o que gostaríamos é que o nosso programa pudesse ler o valor do raio do círculo e exibir o valor calculado para a área do círculo.

UFMG DCC001 2013-1


C lculo da rea de um c rculo2

Cálculo da área de um círculo

comentário

comando de leitrura

comando de escrita


Comando de entrada de dados

Comando de Entrada de Dados

  • Sintaxe geral do comando input:

  • <variávelAlvo> = input( <frase> )

  • Onde:

  • <variávelAlvo> é uma variável que representa uma posição da memória que irá armazenar o valor digitado.

  • <frase> é uma string que informa ao usuário qual o dado que ele deve digitar nesta interação. A string deve estar entre aspas duplas.


Comando de entrada de dados1

Comando de Entrada de Dados

  • Suponha que o usuário deseje armazenar o valor 50, referente à quantidade de alunos em uma sala de aula, na variável Q.

  • Isso pode ser realizado pela instrução:

  • Q = input(“Digite a quantidade de alunos”)


Comando de sa da de dados

Comando de Saída de Dados

  • Um valor ser armazenado em uma variável pode ser exibido na tela do computador, por meio docomando printf, o qual tem a seguinte sintaxe geral:

  • printf(<frase>, <lista de expressões>)

  • Exemplo:

  • printf(“Número de alunos = %g”, Q)


Comando de sa da de dados1

Comando de Saída de Dados

  • <frase> é a sentença que se quer imprimir na tela, e que pode estar entremeada por códigos de formato como %g.

  • %g é um código de formato geral para expressões com valores numéricos.

  • existem vários outros códigos de formato como %d, %f ou %s, que vamos explorar em exercícios e em outros exemplos, futuramente.


Comando de sa da de dados2

Comando de Saída de Dados

  • <lista de expressões> é uma lista de expressões separadas por vírgulas, que são calculadas no momento da execução do comando.

  • As expressões na lista são mapeadas, uma a uma,nos códigos de formato, na mesma sequência em que aparecem na <frase>, e a sentença que é impressa é obtida pela substituição do valor decada expressão na posição marcada pelo código de formato.


Comando de sa da de dados3

Comando de Saída de Dados

  • Exemplo:

  • Suponha:X = 30; Y = 60;

  • O que é impresso pelo comando a seguir?

  • printf(“PRIMEIRO:%gSEGUNDO :%g”, X, Y)

  • Como você escreveria um comando para imprimir os valores das raízes no seu programa da Equação de 2º grau?


Exerc cios3

Exercícios


Exerc cios4

Exercícios

  • Codifique os programas a seguir em Scilab. Utilize comentários e mensagens textuais para o usuário

  • Oprograma deve ler dois valores, calcular a soma desses valores, armazenando-a em uma variável e imprimir o resultado.

  • Oprograma deve ler dois valores, calcular o resultado da divisão do primeiro pelo segundo e imprimir o resultado.


Exerc cios5

Exercícios

  • O programa deve imprimir o valor da hipotenusa de um triangulo retângulo, calculada de acordo com os valores lidos de seus catetos.

  • O programa deve ler um valor de temperatura em graus Celsius (°C) e calcular e imprimir a temperatura correspondente, em graus Farenheit (°F) e em graus Kelvin (°K).OBS.:°F = °C × 1.8 + 32°K = °C + 273.15


  • Login