T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 14

T úlio E spanca e o I nventário do F undo H istórico da C âmara M unicipal de É vora PowerPoint PPT Presentation


  • 61 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

T úlio E spanca e o I nventário do F undo H istórico da C âmara M unicipal de É vora. Conferência do Arquivo III 14 de Fevereiro. Túlio Alberto da Rocha Espanca (1913-1993). 1913: Nasce em Vila Viçosa

Download Presentation

T úlio E spanca e o I nventário do F undo H istórico da C âmara M unicipal de É vora

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

Túlio Espanca e o Inventário do Fundo Histórico da Câmara Municipal de Évora

Conferência do Arquivo III 14 de Fevereiro


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

Túlio Alberto da Rocha Espanca (1913-1993)

  • 1913: Nasce em Vila Viçosa

  • 1919: Muda-se com a família para Évora, tendo ficado instalado na Praça de Sertório

  • 1925: conclui a instrução primária na Escola de São Mamede

  • 1931: O serviço militar

  • O oficial de barbeiro


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

De “Barbeiro Medíocre” a Caminheiro da História

  • 1936: Casamento com Engrácia de Oliveira

  • 1939: I Curso de Cicerones do Grupo Pró-Évora

  • 1942: Editor do 1º número do Boletim a Cidade de Évora

  • “Amar Évora e defendê-la sempre”.

  • Celestino David (1944)


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

Uma Obra Monumental

  • Desenho

  • História

  • História de Arte

  • Arqueologia

  • Paleografia

  • Património

  • Turismo

  • Arquivística

  • Jornais: Diário do Sul, A Defesa, O Notícias de Évora, O Arraiolense, A Democracia do Sul, O Montemorense, e os Brados do Alentejo;

  • Revistas e Boletins: Anais da Academia da História, A Cidade de Évora, Almansor e Colóquio;

  • Dicionário de História de Portugal: entrada sobre Évora

  • Tesouros Artísticos de Portugal: Todas as entradas sobre o Alentejo

  • 36 Cadernos de História e Arte Eborense

  • Editor de 62 números do Boletim A cidade de Évora

  • Organizador de mais de uma dezena de Exposições Temáticas


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

  • 1392 - Inventário do Cartório Comarcão, escrito pelo escrivão João Afonso;

  • reinado de D. João III - Inventário do Cartório da Câmara de Évora, previsivelmente realizado por Tristão de Souto Maior;

  • século XVIII - o padre José Lopes Mira reúne um inventário informal de alguma documentação municipal, catalogado conjuntamente com documentos dos Cartulários da Catedral e da Torre do Tombo;

  • 1916 - O Arquivo Municipal é criado por decreto governamental e fica em depósito na Biblioteca Pública e Arquivo Distrital de Évora a partir de 1917;

  • 1944 - Armando Nobre de Gusmão, Diretor da Biblioteca Pública e Arquivo Distrital transfere o espólio documental do Município é transferido para a Casa Forte da Biblioteca Pública;

  • 1949 - «Inventário dos Antigos Arquivos da Câmara e do Real Celeiro Comum de Évora», realizado por Túlio Espanca;

O Inventário dos Antigos Arquivos da Câmara


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

O Plano de Classificação

  • 2 Partes: Câmara Municipal III Celeiro Comum

  • 5 SECÇÕES:

  • Constituição e Evolução do concelho

  • Religião, Cultura e Assuntos Militares

  • Administração

  • Artes e Ofícios

  • Livros da Receita e Despesa


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

879 entradas (1366 – 1953):

c. 1300 Unidades

de Instalação (U.I.)

O Acervo

  • DESTAQUES:

  • 6 Livros com 19 folhas de Pergaminho

  • Entre os anos de 1366 e 1747.

  • 159 Livros de Atas

  • Entre os anos de 1568 e 1978.

  • 90 Livros de Originais

  • Entre os anos de 1433-1899


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

O “Novo” Plano de Classificação


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

  • 378 unidades de instalação inventariadas (29% do trabalho de inventariação concluído);

  • Registo da inventariação numa plataforma digital de pesquisa (Digitarq);

  • Revisão total e Correção do Inventário de 1949;

  • Início da informatização do Arquivo Municipal.

Um Balanço 2010-2012


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

A Realizar

  • Assegurar a continuidade da inventariação;

  • A disponibilização da Documentação já inventariada online;

  • Digitalização dos documentos mais relevantes para a história de Évora, bem como dos mais degradados;

  • Restauro das unidades mais arruinadas;

  • Integração de novos espólios, ainda existentes na Câmara Municipal de Évora.


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

FUNDO CME

PT/CME/AMEVR/C-A/001/0037

Livro 38 dos Originaes - Governo Civil

Fl. 8

3 de Fevereiro de 1844

“carta do Conselheiro do Governo Civil, António Maria Couceiro, à Câmara de Évora respeitante ao desafrontamento do Templo de Diana”.


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

FUNDO CME

PT/CME/AMEVR/C-A/001/0052

Livro 51 dos Originaes - Correspondência da Câmara Municipal de Évora. 1859

Fl. 207-212

22 de Outubro de 1859

“conjunto de correspondência entre a Câmara Municipal e a Casa Cadaval, relativa à avaliação de três foros da Câmara Municipal e de uns casarões da Casa Cadaval, no terreiro de D.ª Maria José, para efeitos de demolição e posterior construção de uma Praça” (futuro Jardim de Diana).


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

FUNDO CME

PT/CME/AMEVR/C-A/001/0087

Concelho d'Evora. 1896

Fl. 57-60

1896

“Carta da Direcção das Obras Públicas datada de 26 de Março, referente às despesas com obras de conservação e reconstrução da estrutura entre 1892 a 1894; Nota dos subsidios concedidos pela Camara Municipal d´Evora para a obra de reconstrucção do Aqueduto Sertoriano, com principio em 19 de Novembro de 1873 a 1895; Planta chorographica da zona atravessada pelo Aqueduto Sertoriano d´Evora, e o estado das obras em execução à escala 1/2000”.


T lio e spanca e o i nvent rio do f undo h ist rico da c mara m unicipal de vora

FUNDO CME

PT/CME/AMEVR/D/001/ 0001

Tombo das Demarcações de Évora

“Tombo das Demarcações do termo desta Cidade d´Evora e das propriedades, rendas e direitos que ao Concelho d´ella pertencem”.

1536


  • Login