Esofagites infecciosas
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 15

Esofagites Infecciosas PowerPoint PPT Presentation


  • 125 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Esofagites Infecciosas. Dr. Sílvio Oliveira. Esofagites Infecciosas-Introdução. Imunodeprimidos;pouco comum em imunocompetentes Uma das maiores causas de morbidade em AIDS Mais comuns: Candidíase,CMV,Herpes simples Sintomas esofagianos: Disfagia e odinofagia.

Download Presentation

Esofagites Infecciosas

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Esofagites infecciosas

Esofagites Infecciosas

Dr. Sílvio Oliveira


Esofagites infecciosas introdu o

Esofagites Infecciosas-Introdução

  • Imunodeprimidos;pouco comum em imunocompetentes

  • Uma das maiores causas de morbidade em AIDS

  • Mais comuns: Candidíase,CMV,Herpes simples

  • Sintomas esofagianos: Disfagia e odinofagia


Esofagites infecciosas etiologia

Esofagites Infecciosas- Etiologia

Fungos: Candida albicans,Histoplasma capsulatum,

Blastomyces dermatidis

Vírus: CMV, Herpes simples, lesões aftosas e úlceras extensas

idiopáticas

Bacterianas: BK, Sífilis


Esofagites infecciosas candid ase

Esofagites Infecciosas- Candidíase

  • É a mais comum ( 49 a 79% dos casos em pacientes com AIDS + disfagia + odinofagia)

  • Outras causas: Neoplasias malignas, Atb prolongada, Corticoterapia, Rxt, Qxt, Diabetes, Imunossupressão

  • Menos comuns: Ibp prolongado, Alcoolismo, Desnutrição, Senilidade, Acalásia, Obstrução do esôfago

  • Mecanismos: flora bacteriana/leucopenia

  • Manifestação clínica : queixas esofagianas desde que não sejam as típicas de DRGE

  • Diagnóstico: Aspecto endoscópico

    Escovado

    Biópsias

    Cultura


Esofagites infecciosas candid ase1

Esofagites Infecciosas- Candidíase

  • Classificação de Kodsi

    Grau I-Placas brancas elevadas < 2mm, com hiperemia mas sem edema ou ulceração

    Grau II-Placas brancas elevadas > 2mm, com hiperemia mas sem edema ou ulceração

    Grau III-Placas elevadas confluentes, lineares e nodulares, com hiperemia e ulceração

    Grau IV-Grau III mais friabilidade da mucosa que pode estar associada a estenose


Esofagite candida

Esofagite - Candida


Esofagite candida1

Esofagite - Candida


Esofagites infecciosas cmv

Esofagites Infecciosas- CMV

SS: Odinofagia,Dor torácica,Hemorragia(macro/micro)

Aspecto endoscópico: enantema difuso ou áreas de enantema e úlceras

1/3 médio ou distal

geral/ múltiplas

lineares

rasas

rara/ massa ulcerada

Biópsias na base da úlcera: as inclusões citomegálicas são encontradas na base da úlcera. A extensão da inflamação e as lesões teciduais normal/ são proporcionais ao n de inclusões


Esofagite por cmv

Esofagite por CMV


Esofagites infecciosas herpes simples

Esofagites Infecciosas- Herpes Simples

SS: Disfagia/Odinofagia

Pode haver relato prévio de herpes labial precedendo as queixas esofagianas

Aspectos endoscópicos:

Precoce- Vesículas

Mais Comum-Úlceras arredondadas, rasas ou de média profundidade, 1 a 3mm, que podem tornar-se grandes e coalescentes

Biópsias na borda da úlcera

Diagnóstico: Esfregaço

Histo-patológico

Cultura


Herpes simples

Herpes simples


Esofagites infecciosas idiop ticas

Esofagites Infecciosas-Idiopáticas

  • Pacientes HIV +

  • Úlceras irregulares de esôfago médio e distal

  • Odinofagia intensa

  • Aspecto endoscópico semelhante a CMV

  • Freqüentemente solitárias e profundas

  • Causa desconhecida


Esofagites infecciosas bacterianas

Esofagites Infecciosas- Bacterianas

Raras; Mais comum em diabetes e doenças hematológicas malignas

Tuberculose: secundária ao acometimento de outros órgãos

SS: assintomático ou odinofagia e disfagia

EDA: úlceras isoladas ou múltiplas de tamanho variável, bordas finas e irregulares, fundo purulento acinzentado

área de estenose com pequenas úlceras adjacentes

forma granular, com pequenos nódulos acinzentados, ulcerados ou não

massa ulcerada ou tumor polipóide

Sífilis:Esôfago proximal; Disfagia

EDA: nódulos sub-mucosos, erosões ou fibrose da parede


Esofagites infecciosas outras causas

Esofagites Infecciosas- Outras Causas

Histoplasma capsulatum

Comprometimento secundário, gânglios mediastinais

EDA: irregularidade do relevo ou raras ulcerações

Diagnóstico: Histopatológico

RX do Tórax

Broncoscopia

Blastomyces dermatidis


Esofagites infecciosas

FIM


  • Login