M sculos artficiais
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 9

Músculos Artficiais PowerPoint PPT Presentation


  • 59 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Músculos Artficiais. Thiago Silva Rocha. O princípio de funcionamento da eletrônica dos EAP’s é baseado nas tensões de Maxwell produzidas pelos campos eletroestáticos .

Download Presentation

Músculos Artficiais

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


M sculos artficiais

Músculos Artficiais

Thiago Silva Rocha


M sculos artficiais

  • O princípio de funcionamento da eletrônica dos EAP’s é baseado nas tensões de Maxwell produzidas pelos campos eletroestáticos.

  • Entre os EAP’s especialmente os elastômeros dielétricos são materiais funcionais que têm potencial promissor como atuadores tipo-músculo, devido à sua complacência e bom desempenho


M sculos artficiais

  • A unidade básica dos atuadores de Elastômero Dielétrico (ED) consiste de um filme de um elastômero dielétrico (silicone ou elastômero acrílico) entre dois eletrodos complacentes. Nesse arranjo o polímero atua como um dielétrico em um capacitor complacente.


M sculos artficiais

  • Os polímeros a base de silicone e acrílico são os mais comumente utilizados.

    Acrílico: está disponível comercialmente e possui grande tensão eletromecânica, produzindo alta pressão e extraordinária densidade de energia elástica.

    Silicone: Tem resposta rápida, ampla temperatura de estabilidade e pode ser facilmente adaptado para aplicações específicas quando fabricado.


M sculos artficiais

  • Atuador expansivo enrolado:

    Obviamente, um pequeno filme de um elastômero não irá alcançar a força necessária par qualquer aplicação, por isso muitos filmes dielétricos devem ser pregados em paralelo. Uma maneira simples de se fazer isso é envolvendo vários filmes ao redor de um núcleo de suporte.


M sculos artficiais

  • É o design mais avançado desses tipos de atuadores, consiste de um grande número de filmes elastômeros encadeados, que são revestidos de eletrodos complacentes.


M sculos artficiais

  • Rui Zhang, Dr. Gabor Kovacs, Dr. Andreas Kunz, Prof. Dr. Konrad Wegener - Spring Roll Dielectric Elastomer Actuators for a Portable Force Feedback Device

  • http://www.empa.ch/plugin/template/empa/*/72289/---/l=1

  • http://www.artificialmuscle.com/technology/epam.php

  • http://www.sri.com/robotics/epam.html

  • http://www.sri.com/esd/automation/actuators.html

  • http://www.hizook.com/blog/2009/03/19/new-artificial-muscle-material-superelastic-carbon-nanotube-aerogel

  • http://www.hizook.com/blog/2009/03/19/new-artificial-muscle-material-superelastic-carbon-nanotube-aerogel

  • http://ndeaa.jpl.nasa.gov/nasa-nde/lommas/eap/WW-EAP-Newsletter.html

  • http://www.empa.ch/plugin/template/empa/*/72289/---/l=1

  • http://www.environmental-robots.com/


  • Login