ORIENTAO?
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 22

ORIENTAÇÃO? Silvana de Paula Quintão Scalon PowerPoint PPT Presentation


  • 43 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

ORIENTAÇÃO? Silvana de Paula Quintão Scalon Universidade Federal da Grande Dourados Faculdade de Ciências Agrárias. Questões relevantes O que vamos produzir? Que orientadores poderemos ser? O que é orientar?. Estabelecer uma rede de saberes e fazeres

Download Presentation

ORIENTAÇÃO? Silvana de Paula Quintão Scalon

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Orienta o silvana de paula quint o scalon

ORIENTAO?

Silvana de Paula Quinto Scalon

Universidade Federal da Grande Dourados

Faculdade de Cincias Agrrias


Orienta o silvana de paula quint o scalon

Questes relevantes

O que vamos produzir?

Que orientadores poderemos ser?

O que orientar?


Orienta o silvana de paula quint o scalon

Estabelecer uma rede de saberes e fazeres

entre orientadores e orientandos.

O desafio de ambos e precisaro se aventurar

na construo do conhecimento atravs:

da pesquisa

do aprender e ensinar

do falar e ouvir

do ler e escrever

juntos e separados


Orienta o silvana de paula quint o scalon

O QUE VAMOS PRODUZIR?

TCC (monografia)

Dissertao

Tese

O TCC: estgio inicial da vida cientfica ou a primeira manifestao sistematizada de um trabalho acadmico mais consistente (FERREIRA SOBRINHO, 1997 p.24).

TCC : infncia cientfica dos alunos

Dissertao de mestrado: adolescncia

Tese de doutorado: maturidade

No exigir demais, ou seja, no cobrar dos

alunos de graduao, dissertaes ou teses


Orienta o silvana de paula quint o scalon

Podemos caracterizar trs tipos

de orientadores.


O orientador formal

O orientador formal

S entra com o nome no trabalho nunca tem

tempo

* Profissional famoso, reconhecido, mas sua agenda no tem espao para as orientaes.

* Eles se encontram pelos corredores, escadas, rampas, elevadores e at na sala de aula, mas no conseguem manter uma rotina semanal de encontros para orientao.


Orienta o silvana de paula quint o scalon

* O orientando, literalmente, corre atrs dele,

telefona, envia fax, deixa material na portaria

do prdio, tira dvidas por e-mail, mas quase

no v seu orientador nem conversa com

ele.

charlato educacional

leso cientfica


O orientador tirano

O orientador tirano

*Tem todo o tempo disponvel para os encontros semanais de orientao, mas no permite que o orientando tenha idias diferentes daquelas que ele apresenta.


Orienta o silvana de paula quint o scalon

*O orientando deve fazer somente o que o orientador indica e no consegue introduzir nada ou quase nada seu no trabalho, ou seja:

uma idia

uma estratgia metodolgica

um autor que leu, etc,


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • O orientando tem a sensao que est fazendo a pesquisa do orientador e no a sua. Ele no est aprendendo a construir conhecimento atravs da pesquisa mas a obedecer ordens e seguir instrues, decises das quais no participou.


O orientador ideal

O orientador ideal

*alm de ter tempo para os encontros semanais, discute com o orientando todos os caminhos da pesquisa, criticando o que merece ser criticado e elogiando o que seja elogivel.

*o orientador desejvel

caminha ao lado do

orientando,


Orienta o silvana de paula quint o scalon

*ensina e aprende a cada encontro,

*fala e ouve,

* indica e acata sugestes;

*o orientando se sente orientado e no mandado, consegue crescer e entender o que est fazendo, compreende o porque e como est fazendo a pesquisa.


O que orientar

O QUE ORIENTAR?

  • Basicamente:

    leitura e discusso conjuntas,

    embate de idias,

    apresentao de sugestes e de crticas,

    respostas e argumentaes,

    no impor nada ! ! !

    eventualmente: convencer,esclarecer, prevenir.

    (FERREIRA SOBRINHO, 1997).


Ser orientador

Ser orientador :

  • apontar os caminhos que o orientando deve trilhar para atingir sua misso;

  • acompanhar o trabalho, passo a passo;


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • ler e corrigir o que o orientando

  • produz;

  • indicar bibliografias;


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • fixar metas e cobrar resultados;

  • esclarecer dvidas e fazer perguntas sobre o que tem sido produzido;


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • discutir a realizao das atividades de leitura e coleta de dados

  • avaliar de forma somativa todo o processo de construo da pesquisa


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • O orientador dever ter preparo

    leitura

    experincia.

    Dever nortear sua relao

    de orientao com base em trs dimenses.


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • A dimenso terica refere ao aspecto conceitual e temtico do trabalho. O orientador precisa:

  • *saber o contedo para discutir com o orientando, explicar, esclarecer e responder sobre ele.

  • *Conhecer as fontes bibliogrficas bsicas ou de referncia, para avaliar as resenhas que o orientando ir produzir a partir da leitura

  • das mesmas.


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • A dimenso mtodolgica a qual o orientador

    precisa conhecer os caminhos da pesquisa:

    * a lgica (indutiva e dedutiva) do pensamento cientfico;

    * os aspectos essenciais da produo do conhecimento cientfico e aqueles adquiridos nas experincias e relaes da vida cotidiana e que constituem a ampla gama de saberes, representaes e noes do senso comum;

    * os mtodos das cincias naturais e/ou sociais.

    A dimenso mtodo vai requerer do orientador

    conhecimentos de metodologia da cincia e da

    pesquisa.


Orienta o silvana de paula quint o scalon

  • A dimenso forma se refere a apresentao, organizao e normatizao do trabalho cientfico

    * O orientador dever utilizar o Manual de Orientao de TCC, aprovado pela coordenao e professores do curso.

    *Precisa conhecer os sistemas de citao de autores segundo a ABNT, bem como as normas gerais de elaborao de referncias bibliogrficas.

    *Saber corrigir os textos produzidos pelos orientandos e apontar a forma mais adequada de redigirem o trabalho.

    A dimenso forma vai exigir do orientador

    conhecimentos sobre metodologia

    acadmica


Orientar aprender junto crescer junto produzir junto f cil

Orientar:Aprender juntoCrescer juntoProduzir junto fcil ????


  • Login