Evangelho de Lucas
Download
1 / 20

DOMINGOS - PowerPoint PPT Presentation


  • 115 Views
  • Uploaded on

evangelho de Lucas. CAMINHO. DOMINGOS. QUARESMA 5. O REINO ESTÁ ENTRE VÓS. O REINO ESTÁ ENTRE VÓS. não tenhas medo pequeno rebanho. não tenhas medo pequeno rebanho. FILHO, TUDO O QUE É MEU É TEU. FILHO, TUDO O QUE É MEU É TEU. evangelho de Lucas. evangelho de Lucas. QUARESMA ciclo C

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' DOMINGOS' - amandla


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

evangelho de Lucas

CAMINHO

DOMINGOS

QUARESMA 5

O REINO ESTÁ ENTRE VÓS

O REINO ESTÁ ENTRE VÓS

não tenhas medo pequeno rebanho

não tenhas medo pequeno rebanho

FILHO, TUDO O QUE É MEU É TEU

FILHO, TUDO O QUE É MEU É TEU

evangelho de Lucas

evangelho de Lucas


QUARESMA ciclo C

CAMINHO para a VIDA

Dom1- Jesus é tentado como nósDom2- Jesus Transfigurado é a nova AliançaDom3- Caminho de conversão (dar fruto)

Dom4- O Pai espera-nos (filho pródigo)

Dom5- Deus Perdoa-nos (como à adúltera)

Quinto passo do CaminhoViver o perdão


Este evangelho é tão “escandaloso”, que aos próprios primeiros cristãos lhes custou incluí-lo nos seus escritos. Mas o valor histórico está fora de dúvidas.


Muros do Templo, da parte do átrio das mulheres primeiros cristãos lhes custou incluí-lo nos seus escritos. Mas o valor histórico está fora de dúvidas.

A oferta da Quaresma é o PERDÃO


Jo primeiros cristãos lhes custou incluí-lo nos seus escritos. Mas o valor histórico está fora de dúvidas. 8, 1-11 Naquele tempo, Jesus foi pa-ra o monte das Oliveiras. Mas de manhã cedo, apareceu ou-tra vez no templo e todo o po-vo se aproximou d’Ele. Então sentou-Se, e começou a ensinar.

Luz matutina no lugar do Templo


Senhor, quando a tua vida chega ao fim, sobes ao templo para dar as grandes lições

Diante dos inimigos “fazes uma criação nova” (2ª leitura)



A mulher serve de desculpa surpreendi-da em adultério,

A condenação cai sempre sobre os indefesos


colocaram-na no meio dos presentes e disseram a Jesus: «Mestre, esta mulher foi surpreendida em flagrante adultério. Na Lei, Moisés mandou-nos apedrejar tais mulheres. Tu que dizes?».


Os ditadores acusam e matam, porque se detêm na casca «Mestre, esta mulher foi surpreendida em flagrante adultério. Na Lei, Moisés mandou-nos apedrejar tais mulheres. Tu que dizes?».

Tu vês o interior da pessoa


Falavam assim para Lhe armarem uma cilada e terem pretexto para O acusar. Mas Jesus inclinou-Se e começou a escrever com o dedo no chão.


Inclusive inclinando-Te para o solo mostras a tua dignidade para O acusar. Mas Jesus inclinou-Se e começou a escrever com o dedo no chão.

Não Te deixas manipular


Como persistiam em inter-rogá-l’O, ergueu-Se e dis-se-lhes: «Quem de entre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra». In-clinou-Se novamente e con-tinuou a escrever no chão.


O pecado está nos nossos olhos dis-se-lhes: «Quem de entre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra». In-clinou-Se novamente e con-tinuou a escrever no chão.

Porquê atirar pedras aos outros?


Eles, porém, quando ouviram tais palavras, foram saindo um após outro, a começar pelos mais velhos, e ficou só Jesus e a mulher, que estava no meio.


Vós encontrastes, as duas vítimas, cara a cara após outro, a começar pelos mais velhos, e ficou só Jesus e a mulher, que estava no meio.

O Senhor fez maravilhas em favor do seu povo (Salmo)


Jesus ergueu-Se e disse-lhe: «Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?» Ela respondeu: «Ninguém, Senhor». Disse então Jesus: «Nem Eu te condeno. Vai e não tornes a pecar».


Tu libertas de opressões Ninguém te condenou?» Ela respondeu: «Ninguém, Senhor». Disse então Jesus: «Nem Eu te condeno. Vai e não tornes a pecar». (1ª leitura)

O coração da mulher tornou a bater


Dá-nos, Ninguém te condenou?» Ela respondeu: «Ninguém, Senhor». Disse então Jesus: «Nem Eu te condeno. Vai e não tornes a pecar». Senhor, a força de AMAR, vendo o que há para além das aparências.


ad