slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
IX Semana Nacional Antidrogas XIV Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas Taquara/RS

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 21

IX Semana Nacional Antidrogas XIV Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas Taquara/RS - PowerPoint PPT Presentation


  • 104 Views
  • Uploaded on

CONSELHO ESTADUAL DE ENTORPECENTES CONEN/RS. Construção de Políticas Públicas Sobre Drogas em REDE. IX Semana Nacional Antidrogas XIV Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas Taquara/RS. Major Rangel. 08 Novenbro de 2007. IX SEMANA NACIONAL ANTIDROGAS

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' IX Semana Nacional Antidrogas XIV Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas Taquara/RS ' - alda


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

CONSELHO ESTADUAL DE ENTORPECENTES

CONEN/RS

Construção de Políticas Públicas Sobre Drogas em REDE

IX Semana Nacional Antidrogas

XIV Semana Gaúcha de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas

Taquara/RS

Major Rangel

08 Novenbro de 2007

slide3

IXSEMANA NACIONAL ANTIDROGAS

XIVSEMANA GAÚCHA CONTRA O USO INDEVIDO DE DROGAS

26 de junho

Dia Internacional Contra o Uso Indevido de Drogas

slide4

AS DROGAS NO MUNDO

Prevalência anual de uso de substâncias psicoativas em nível global (2003) -

UNODC – World Drug Report - 2005

60 %

50 %

40 %

30 %

% da população ( 15 a 64 anos)

20 %

5 %

0 %

álcool

tabaco

Drogas Ilícitas

Drogas Lícitas

slide5

(DQ)

(5,2)

(2,2)

(0,6)

(0,2)

(DQ) Dependência (12 a 17 anos)

CEBRID – DOMICILIAR - 2002

DROGAS MAIS USADAS PELOS ESTUDANTES BRASILEIROS DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ENSINO MÉDIO E FUNDAMENTAL

CEBRID - 2004

(*) de 6 a 20 vezes no mês que antecedeu a pesquisa

(**) mais de 20 vezes no mês que antecedeu a pesquisa

slide7

PRINCIPAIS EIXOS :

CAPACITAÇÃO

ESTRATÉGICO

DIAGNÓSTICO

PROGRAMA NACIONAL DE REDUÇÃO DA DEMANDA E OFERTA DE DROGAS

“...é preciso descentralizar a ação... Para isso, deve-se fortalecer as estruturasdo Sistema Nacional Antidrogas, especialmente as estaduais...

“... necessidade de centrar esforços na integração das políticas públicas setoriais com a Política Nacional Antidrogas...”

SENAD

articula o integrativa do conen rs a es em rede
Articulação Integrativa do CONEN RS

“AÇÕES EM REDE”

Meta:

Formar Conselhos Municipais de

Políticas Públicas Sobre Drogas

slide10

Redução da Demanda e Oferta Sobre Drogas

  • Integração de políticas.
  • Projetos conjuntos.
  • Mapeamento de projetos.
  • Estudos e pesquisas setoriais.
  • Capacitação.
  • FUNAD – alienação bens.

Governo Federal

  • Orientação técnica.
  • Apoio a projetos.
  • Instrumentalização.
  • Projetos conjuntos.
  • Mapeamento de projetos.
  • Estudos e pesquisas setoriais.
  • Capacitação.

RS e Municípios

resultados do conen
RESULTADOS DO CONEN
  • VIVAVOZ – 2005 INDICAÇÃO DO SISP “MÉRITO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA”
  • CONVÊNIO RS / SENAD – FUNAD
  • PROCESSOS SELETIVOS DA BM – EXAME CLÍNICO TOXICOLÓGICO
  • FORMULAÇÃO DE REVELADORES – ABORDAGEM POLICIAL - IGP
  • ANÁLISE - PRECURSORES QUÍMICOS E DNA - IGP
drogas e viol ncia
Drogas e Violência
  • Vetor desencadeante de atos violentos
  • Cidade do México 2000 – Estudo em amostra de 384 Mulheres Vítimas:

42% Violência Sexual

40% Violência Física

38% Violência Emocional

  • São Paulo 2002 – Alerta que usuários de drogas estão mais vulneráveis à violência.
a es integrativas
Ações Integrativas

Instituições de Segurança Pública;

  • IGP – DML
  • Polícia Civil
  • Brigada Militar
  • SUSEPE

Instituições de Saúde

Instituições de Ensino

Conselhos Tutelares

servi os de utilidade p blica
Serviços de Utilidade Pública
  • 180 - CENTRAL DE ATENDIMENTO À MULHER
  • JUS MULHER (3225.7272)Rua Carlos Chagas,55. Sala 26. Junto à Casa da Cidadania- Serviço voluntário que presta atendimento jurídico e psicológico à mulher em situação de violência.
  • IGP/DML- Atendimento Psicossocial 3288.2676 2ª à 6ª feira, das 8h às 18h
  • CASA DE APOIO VIVA MARIA (51) 3340.5011 24 horas. Endereço protegido.
  • 0800.541.0803 CENTRO DE REFERÊNCIA DA MULHER "VÂNIA A. MACHADO"- RUA SIQUEIRA CAMPOS,1184,sexto andar- 3225.5535/ 0800.541.0803
servi os de utilidade p blica1
Serviços de Utilidade Pública
  • 0800 510 0015VIVAVOZ Serviço Nacional de informação e orientação sobre drogas. De 2ª à 6ª feira, das 8h às 20h.
  • 100– Disque Denúncia contra à Prostituição Infantil
  • 181 – Disque-Denúncia da SJS/RS 24 Horas.
  • 190- Brigada Militar 24 Horas
  • 197 - Polícia Civil 24 Horas
servi os de utilidade p blica2
Serviços de Utilidade Pública
  • 0800 541 6400 Polícia Civil/DECA Denúncia de maus tratos à Criança e ao Adolescente
  • 0800 518 518 Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico DENARC/RS
articula o integrativa do conen rs a es em rede1
Articulação Integrativa do CONEN RS

“AÇÕES EM REDE”

Meta:

Formar Conselhos Municipais de

Políticas Públicas Sobre Drogas

fundo nacional antidrogas conv nio assinado em 15 de maio de 2007
FUNDO NACIONAL ANTIDROGASConvênio assinado em 15 de Maio de 2007
  • ACESSO AO FUNAD: Através dos Conselhos Municipais de Políticas Públicas Sobre Drogas
  • Fluxo de Acesso
slide19
“Tudo é válido na busca da harmonia de nosso Meio Ambiente,

exceto

a indiferença”

ad