Sala aeiou
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 12

sala aeiou PowerPoint PPT Presentation


  • 87 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

sala aeiou. Venha conhecer outras salas do Blá: .

Download Presentation

sala aeiou

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Sala aeiou

sala aeiou


Venha conhecer outras salas do bl

Venha conhecer outras salas do Blá: 

  • Amizade > Cupido > Kamasutra > de Espera > Kitchenet > BLITZ > Ciberia > Bar > Café > Piscina > Jardim > Campo > Praia > Aeroporto > ANIVERSARIO > Estádio > Restaurante > Casino > Cinema > Coliseu > Galeria > RebeldeWay > Escola > Moche > 20-30 > 30-40 > 40-50 > 50+ > Viana > Porto > Aveiro > Coimbra > Lisboa > Setúbal > Funchal > Vila Real > Braga > Viseu > Leiria > Santarém > Beja > P.Delgada > Bragança > Guimarães > Guarda > C.Branco > Portalegre > Évora > Faro


Sala coimbra

Sala Coimbra

Venha visitar o Bládimir à sala CoimbraLivre


Sala coimbra1

Sala Coimbra

Sala: Coimbra

entra anuskas

entra Bladimir

Bladimir: Olá anuskas Bládimir para anuskas : Em Foco no aeiou >

Menina de sete anos estrangulada pelo pai (COM VÍDEO)


Sala coimbra2

Sala Coimbra

entra nitron_3

sai Bladimir

entra nitron_4

entra abreLatas

abreLatas: uii


Sala coimbra3

Sala Coimbra

  • abreLatas: uiiabreLatas para anuskas : olá AnuskasabreLatas para anuskas : tens alguma lata ?abreLatas para anuskas : mal disposta ?abreLatas para anuskas : zangada com a vida ?abreLatas para anuskas : ok, já sei nao tc com fuleirosanuskas para abreLatas : oláabreLatas para anuskas : mas olha k sou um abreLatas moderno lol


Sala coimbra4

Sala Coimbra

  • luisito para anuskas : olaanuskas para abreLatas : só isso, bom diaabreLatas para anuskas : sabe a poucoluisito para anuskas : td bem?abreLatas para anuskas : ñ me digas k vieste para a sala dormir loolanuskas para luisito : td bemluisito para anuskas : sim e ctg?


Sala aeiou

  • O Número de membros no geral é á volta dos 60 a 80 intervenientes.

  • Na sala Coimbra, o máximo que encontrei foi de 20 pessoas.

  • “Conversam” em online, é um mundo virtual completamente vazio de conteúdo.

  • Esta comunidade virtual tem como suportes digitais da comunicação o browser .


Sala aeiou

  • A idade ronda entre os 18 anos e os 25 anos. Quando conversavam era a primeira pergunta que faziam, transmitindo a idade deles.

  • È uma linguagem muito própria. Com os seus códigos.

  • A identidade parece-me que nunca é verdadeira. Os nomes adoptados são sempre “forjados”.

  • Há uma constante representação pela parte dos utilizadores.

  • É uma comunicação que é pública, (na sala, em que todos lêem as mensagens)


Sala aeiou

  • O chat é um chat público, porque qualquer pessoa tem acesso livre á sala.

  • É dificil dizer qual o tema principal, ou á volta de que falam. Querem saber a idade, o contacto telemovel, o

  • e-mail para poderem conversar mais á vontade, fora daquele espaço virtual.

  • O que se pressupõe que é uma comunidade onde só há contactos esporádicos online, mas que para alguns só tem continuidade fora daquele espaço virtual. O que indica que procuram mais privacidade.


Sala aeiou

  • A ligação ao mundo real é pouca, parece-me que serve um pouco de refugio a esse mesmo mundo real.

  • Relativamente à influência no mundo offline acho que poderá ter alguma, caso as pessoas venham a encontrar-se no mundo real. Caso contrario a influência será nula.


Sala aeiou

  • A minha primeira impressão foi a de que o Bla Bla é um Webchat vazio, sem sentido e nada transmite para o mundo offline.

  • Não consegui vislumbrar um sinal que fosse a não ser um sorriso irónico cada vez que lia o que escreviam uns aos outros incluindo-me claro, nesta “tristeza criativa”.


  • Login